Covid-19. É “uma bancarrota moral”: diretor-geral da OMS condena a desvalorização da morte de idosos

7

 “A morte dos nossos idosos é uma bancarrota moral”, afirmou, enfatizando que “aceitar que a morte dos idosos não é tão importante é a maior baixeza moral”. “Não podemos permiti-lo, temos que cuidar uns dos outros”, sustentou.”Temos de fazer tudo ao nosso alcance para nos protegermos e para protegermos os outros”, acentuou, reiterando o apelo à solidariedade de todos os países para travar a pandemia, afirmou o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde 


  O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) condenou esta segunda-feira a desvalorização da morte de idosos por covid-19, considerando o falecimento dos mais velhos “uma bancarrota moral” e que é preciso “cuidar uns dos outros”. Tedros Adhanom Ghebreyesus falava na habitual videoconferência de imprensa transmitida da sede da OMS, em Genebra, na Suíça.

  “A morte dos nossos idosos é uma bancarrota moral”, afirmou, enfatizando que “aceitar que a morte dos idosos não é tão importante é a maior baixeza moral”. “Não podemos permiti-lo, temos que cuidar uns dos outros”, sustentou.
 
Ler mais aqui:
https://expresso.pt/coronavirus/2020-08-31-Covid-19.-E-uma-bancarrota-moral-diretor-geral-da-OMS-condena-a-desvalorizacao-da-morte-de-idosos?