Das escolas às lojas do cidadão. O que muda nos próximos 15 dias?

3

 

Escolas fechadas durante 15 dias, mas pais com faltas justificadas. Filhos de trabalhadores de serviços essenciais terão escola aberta. O que muda nos próximos 15 dias? 

– Todas as escolas fechadas durante 15 dias. Período de interrupção será compensado com a supressão de pausas já previstas no calendário escolar.

Creches e ATL também encerrados.

– Exceções serão as escolas de acolhimento para filhos até aos 12 anos de trabalhadores de serviços essenciais.

– Refeições para crianças registadas na ação social escolar continuarão a ser distribuídas.

– Apoio às famílias com crianças será, idêntico ao do anterior confinamento, 66% do vencimento.

Lojas do cidadão encerradas. Atendimento apenas por marcação e em outros serviços.

Tribunais fecham para todos os casos não urgentes. Como no primeiro confinamento de março: prazos de prescrição suspensos e portas fechadas para todos os casos não urgentes. Só casos com presos, menores em risco, insolvência e violência doméstica é que serão apreciados pelos tribunais. Sempre que possível, as diligências vão ser feitas à distância, por meios eletrónicos.

https://expresso.pt/politica/2021-01-21-Das-escolas-as-lojas-do-cidadao.-O-que-muda-nos-proximos-15-dias