Eleições – APRe!

9

Lista Única

Assembleia Geral


Eduarda Neves                 Abílio Soares                   Vitor Ferreira
Presidente                        Secretário                        Secretário

Maria Eduarda Castro Sousa Neves                 
61 anos
Formação – Licenciatura em Filosofia
Actividade – Professora                                             
Porto

Abílio José Durão Soares
70 anos
Actividade – Sector Financeiro e participação em orgãos sociais de Associações, Sindicatos e
Cooperativas
Coimbra
               
Vitor Manuel Ferreira da Silva
64 anos
Formação – Frequência do ISEL
Actividade – Director Geral de Sinistros na Actividade Seguradora
Amadora

Direcção


Rosário Gama                   Fernando Martins            António Rocha
Presidente                        Vice Presidente               Tesoureiro

Maria do Rosário Tonilhas Marques Fadista Monteiro da Gama

64 anos
Formação – Licenciatura em Biologia
Actividade – Professora 
Coimbra
Fernando Maria Rodrigues Martins
65 anos

Actividade – Director Regional na Actividade Seguradora; Professor no Ensino Técnico Profissional

Coimbra

António dos Santos Rocha
Idade: 62 Anos
Formação – Licenciatura em Economia
Actividade – Assessor Principal na Direcção Geral dos Impostos
Coimbra


Fernanda Sousa                 Teresa Rio                     José Vieira Lourenço
Secretária                          Secretária                      Vogal      

Maria Fernanda Pires de Sousa
62 anos
Formação – Licenciatura em Filologia Românica 
Actividade – Professora
Porto

Maria Teresa de Jesus da Silva do Rio Carvalho
75 anos
Actividade – Professora na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de
Lisboa e Presidente do Conselho Directivo desta Faculdade.
Lisboa

José Vieira Lourenço
60 anos
Formação – Licenciatura em Filosofia; Mestrado em Filosofia Contemporânea.
Actividade – Professor
Coimbra


Manuela Vilarinho               Pedro Martins                  Luísa Cabral
Vogal                                Vogal                             Vogal

Maria Manuela Reis Vilarinho
57 anos
Formação – Gestão
Actividade –  Directora de produção
Leça da Palmeira

Pedro Manuel dos Santos Martins
68 anos
Formação – Ensino Técnico Profissional
Actividade – Director Comercial na Actividade Seguradora
Coimbra

Maria Luísa Rosendo Cabral

66 anos
Formação – Licenciatura em História; Pós Graduação em Biblioteconomia; Mestre em
Gestão de Bibliotecas e Mestre em Património.
Actividade – Bibliotecária (Biblioteca Nacional)
Lisboa

Conselho Fiscal




Carlos Frade                      Maria Ilda Carvalho         Henrique Rodrigues
Presidente                         Secretária                     Secretário

Carlos Manuel Frade
63 anos
Formação – Licenciatura em Economia; Pós graduação em gestão de sistemas de informação.
Actividade – Assessor Principal na Administração Pública; Contador Chefe do Tribunal de contas;
Director de Serviços no Ministério das Obras Públicas; Subdirector-geral no Ministério das Finanças; Presidente do Conselho Fiscal do INET; Director Executivo da Fundação da Universidade de Lisboa; Professor de pós graduação em contabilidade pública (ISEG) Director de Serviços no Ministério das Obras Públicas; Subdirector-geral no Ministério das Finanças; Presidente do Conselho Fiscal do INET; Director Executivo da Fundação da Universidade de Lisboa; Professor de pós graduação em contabilidade pública (ISEG).
Almada

Maria Ilda Gavino Quinteira de Matos e Henriques de Carvalho
Coimbra
Henrique Manuel de Queirós Pereira Rodrigues
60 anos
Advogado
Porto

_____________________________________________________________________________

“Não Somos Descartáveis” 

Termo de aceitação de candidatura 

Ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral da APRE! 

Os associados da APRE! abaixo descritos, nos termos do n.º 1 do art.º 4.º do Regulamento Eleitoral, declaram aceitar a candidatura aos Órgãos Sociais da APRE!, para o triénio de 2013 a 2016 em Assembleia Geral Eleitoral a realizar em 27 de Fevereiro de 2013, pelo que se constituem em lista candidata sob o lema: 

“Não somos Descartáveis” 

Mesa da Assembleia Geral

Presidente – Maria Eduarda Castro Sousa Neves, associada n.º7

Secretário – Abílio José Durão Soares, associado nº 2
Secretário – Vítor Manuel Ferreira da Silva, associado nº 1624

Direcção

Presidente -Maria do Rosário F. Monteiro Gama, associada n.º 1
Vice-Presidente -Fernando Maria Rodrigues Martins, associado nº 4
Tesoureiro – António dos Santos Rocha, associado n.º 3
Secretário – Maria Fernanda Pires de Sousa, associada n.º 8
Secretário – Maria Teresa de Jesus da Silva do Rio Carvalho, associada n.º 1437

Vogal – José Vieira Lourenço, associado n.º 6
Vogal – Maria Manuela Reis Vllarinho, associada n.º 11
Vogal – Pedro Manuel dos Santos Martins, associado n.º 13
Vogal – Maria Luísa Rosendo Cabral, associada n.º 1368

Conselho Fiscal 

Presidente – Carlos Manuel Frade, associado n.º 379
Secretário – Maria Ilda G.Q. de Matos e Henriques de Carvalho, associada n.º 9 

Secretário – Henrique Manuel de Queirós Pereira Rodrigues, associado n.º 574 
Coimbra, 9 de Fevereiro de 2013

_____________________________________________________________________________

PROGRAMA

“NÃO SOMOS DESCARTÁVEIS!”

1. A razão da nossa candidatura
Porque o estatutosocial dos aposentados, pensionistas e reformados em Portugal se tem degradado;porque este grupo social tem tido uma atitude tradicionalmente passiva pelassuas características próprias e pela inexistência de meios organizativos; porque os últimos governos têm tido a ousadia denos expropriarem dos nossos meios de rendimento e, nalguns casos, até daprópria sobrevivência; porque é necessário defender a dignidade e humanidade deste grupo social bem como justificar a sua importância na comunidade. Por tudo isto, a APRe! quer ser uma voz na defesa dos aposentados e reformados portugueses, cidadãos de pleno direito, garantindo um equilíbrio intergeracional.

2. Nós já fizemoshistória
AAPRe!, no seu curto período deexistência, provou ser capaz de vir a ser esse instrumento, que impedirá adegradação sucessiva do estatuto social dosaposentados, pensionistas e reformados, ao constituir-se oficialmente numaassociação cívica, laica e apartidária, que conta já com perto de três milassociados.

3. Como vemos osAssociados
Ospromotores desta candidatura reconhecem a liberdade individual dos associadosna salvaguarda de preocupações comuns, unidos e organizados no firme propósitode constituírem uma comunidade assente na solidariedade social, voluntária eemancipada de qualquer tipo de tutela de interesses privados, mercantilistas oupolíticos.

4. Como nos vemos
Assumimo-noscomo promotores de uma organização com espaço social para desenvolver umtrabalho útil à sociedade sem nos limitarmos a reagir, numa lógica corporativa,às ameaças dos governos. Queremos conquistar o nosso espaço e demonstrar «opoder dos sem poder» porque não abdicaremos da nossa cidadania.

5. O que propomosdesenvolver
Propomo-nosdesenvolver, durante o próximo triénio, actividades constantes nos domínios:cultural, social e político, em ligação com instituições nacionais einternacionais, procurando ir ao encontro das preocupações que a sociedadeportuguesa atravessa em cada momento. Concretizando, entendemos ser Missão da Apre!:

● Defender oestado social enquanto conquista civilizacional do último século;
● Defender osdireitos sociais dos aposentados, pensionistas e reformados; assumindo rigorosaindependência relativamente a partidos, sindicatos e confissões religiosas;
● Pugnaractivamente por políticas públicas de inclusão de modo a garantir a dignidadeda pessoa humana;
 ● Contribuir para a recuperação do prestígiodos valores da democracia, combatendo o arbítrio, o abuso e a incompetência dosagentes do poder;
● Denunciar elutar contra os atropelos ao contrato social estabelecido entre os cidadãos e oEstado numa base de boa fé e confiança;
● Estabelecerligação com outras organizações nacionais e internacionais que prossigam osmesmos fins;
● Desenvolver asacções necessárias para a participação da Associação no Conselho Económico eSocial, com os direitos e deveres que lhe confere o seu estatuto de parceirosocial.
5.1. No imediato
Aguardamosas decisões do Tribunal Constitucional, às quais reagiremos em conformidade.Estamos atentos a todas as ameaças do actual Governo, na defesa intransigentedos nossos legítimos direitos, pelos quais lutaremos até ao limite das nossasforças.

5.2. Durante o nossomandato
Desenvolveremosacções orientadas para o reforço do nosso Estado Social, com especialincidência no sector da segurança social e da saúde. Lutaremos contra a reduçãodas funções do Estado, bem como contra a perda de qualidade dos serviçospúblicos e estaremos na primeira linha dos que defendem políticas inclusivas ede valorização dos aposentados, pensionistas e reformados, nomeadamente:
5.2.1.Teremos uma posição institucional na defesa dos interesses dos associados, comrecurso a todos os instrumentos legais e políticos, junto das entidadesoficiais, com tomadas de posição sempre que a conjuntura o exija, na defesa daverdade e da ética. Não admitiremos falta de respeito, desconsiderações ehumilhações relativamente à nossa geração.
5.2.2.Daremos especial atenção à situação dos aposentados, pensionistas e reformadosem situações económicas mais frágeis, a par do desenvolvimento de acções deapoio activo que melhorem a qualidade de vida dos que mais precisam.
5.2.3.Orientaremos as nossas tomadas de posição fundadas em estudos técnicos dequalidade, através da criação de gabinetes de estudo, uma vez que ambicionamosmerecer o reconhecimento social da nossa associação, de modo a ter assento noConselho Económico e Social.
5.2.4.Realizaremos seminários, colóquios e encontros, com convidados e especialistas,orientados para um novo modelo de organização do trabalho e de sociedade, quevalorize o potencial dos aposentados, pensionistas e reformados.
5.2.5.Procuraremos que as nossas tomadas de posição sejam públicas e divulgadas nosmeios de comunicação social, uma vez que somos uma parcela da sociedade quededicou a sua vida à melhoria e transformação do nosso país, em relação ao qualqueremos ter uma palavra a dizer.
5.2.6. Procuraremos crescer através da criação e dinamização de núcleos locais e de uma grande campanha de angariação de associados.
5.2.7.Continuaremos a divulgar a nossa actividade através do blogue APRe! e da nossa página do Facebook,bem como de um sítio da APRe! acriar e a manter activo. Criaremos ainda o Boletim Informativo periódico”Notícias APRe!“.
5.2.8.Criaremos um gabinete jurídico que permita o aconselhamento/esclarecimentorelativo às questões legais com que se debatem os nossos associados, na defesados seus direitos.
5.2.9.Criaremos um gabinete de relações internacionais que permita conhecer econtactar com a realidade dos cidadãos aposentados, pensionistas e reformadosdos restantes países e permita fomentar contactos com outras organizações/instituiçõesque ajudem a APRe! a cumprir os seusobjectivos.
Por tudo isto, queremos merecer aconfiança dos nossos associados!
VOTE!
 _____________________________________________________________________________
 Informação da Mesa da Assembleia Geral
Como é do conhecimento dos associados, está a decorrer o acto eleitoral para os primeiros Órgãos Sociais da APRE!. 
Tendo terminado o prazo de apresentação de candidaturas, enviamos em anexo a única lista apresentada, proposta pela Comissão Instaladora, a que foi atribuída a letra “A” – “Lista A” 

“Não Somos Descartáveis”. 

No dia 27 de Fevereiro de 2013, no período compreendido entre as 10.00 horas e as 18.00 horas, funcionarão mesas de voto em:

– Coimbra (Sede) – Rua do Teodoro, 72-2º esq. 

– Lisboa – Largo do Intendente Pina Manique, nº 35. 

– Porto – (Sede Provisória APRe!-Porto) – Rua do Heroísmo, 354 – 1º -Sala 2.

Apelamos a todos para que, como sinal de vitalidade da nossa Associação, participem activamente no processo eleitoral, votando presencialmente. 
Os que não puderem fazê-lo presencialmente, de acordo com o nº3 do Artº 6º do Regulamento Eleitoral, poderão exercer o seu direito de voto através do “voto por correspondência”. 

O que é necessário: 

Dois sobrescritos + declaração de eleitor + cópia do Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão + boletim de voto. 
O sobrescrito onde é introduzido só o boletim de voto (dobrado em quatro com a face impressa voltada para dentro) deverá conter a indicação “Voto por correspondência” e deve ser fechado. 
O outro sobrescrito deve ser dirigido ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral para a Rua do Teodoro 72-2º esq. – 3030-213 COIMBRA, contendo: 
O sobrescrito que contém o boletim de voto (“Voto por correspondência”) + declaração de eleitor + cópia do BI/CCidadão. 
Minuta da declaração de eleitor: 
Ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral 
Para os efeitos decorrentes do artº 6º do Regulamento Eleitoral, declaro exercer o meu direito de voto por correspondência nas eleições para os Órgãos Sociais da APRE!, triénio de 2013 a 2016, em Assembleia Geral Eleitoral a realizar no dia 27 de Fevereiro de 2013, pelo que junto sobrescrito com o meu voto bem como cópia do meu BI/CC. 
Nome Completo_____________________________________________ 
N.º de associado da APRE! – ________ 
_________________________________________________________ 
(assinatura conforme fotocópia do cartão de identificação) 
Atenção: 
No voto por correspondência, só são considerados válidos os votos recebidos até ao dia 27 de Fevereiro de 2013. Aconselha-se, por isso, a remessa do voto por correspondência com a necessária antecedência. 
Boletim de voto 
Junto enviamos o Boletim de Voto que deverá ser impresso em papel liso, branco e não transparente, em tamanho A5 (metade de A4). 
Exortamos todos os associados a participarem neste Acto Eleitoral. 
PARTICIPEM! 
VOTEM! 
O Presidente da Mesa da Assembleia Geral