Famílias devem ter apoios fiscais para cuidar dos mais velhos

3

 Estudo da Gulbenkian alerta para o facto de estarmos a viver mais, mas não a viver melhor. Sugere que filhos agressores sejam deserdados

  

A alteração do regime de benefícios fiscais para as famílias que têm a cargo idosos em suas casas é uma das 30 recomendações do Relatório “Portugal Mais Velho”, promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), e que é apresentado hoje de forma a assinalar o Dia Internacional da Pessoa Idosa.

“Neste momento, essa ajuda está basicamente associada a uma comparticipação caso estas pessoas estejam em lares. Mas há toda uma ausência de apoio para os encargos que as famílias têm quando os idosos estão em suas casas. Era importante pensar em algum benefício fiscal ou comparticipação”, afirma ao JN Luís Jerónimo, diretor do Programa Gulbenkian Desenvolvimento Sustentável.

O estudo identifica lacunas da legislação e das políticas públicas em relação ao envelhecimento e à violência contra as pessoas idosas, apresentando uma lista de recomendações que visam melhorar o bem-estar e a qualidade de vida desta população.

 

Ler mais aqui: https://www.jn.pt/nacional/familias-devem-ter-apoios-fiscais-para-cuidar-dos-mais-velhos

 

João Queirós,  Jornal Notícias 01.10.2020