Lágrimas

3

Tanta dor, tanta amargura,
A sulcar faces tão belas 
E tanta água que é pura 
A lavar sujas vielas.
(Armando Goes)