Notícias APRe!

0
Car@s Associad@s
Continuamos a ser o alvo privilegiado do governo e embora, neste momento, estejam mais em risco as pensões da CGA com a possibilidade de cortes retroactivos em média de 10% e com o agravamento de 0,75% para a ADSE ainda este ano e de mais 0,25 para o próximo ano, nada garante que não venham outros cortes para os reformados da CNP noutro qualquer momento. Independentemente do sistema da ADSE ser para os funcionários públicos e aposentados da CGA, o aumento corresponde a mais um corte de 1% na pensão, corte este sobre o valor ilíquido da mesma.
Não podemos deixar que nos dividam porque isso enfraquece-nos e essa é a estratégia do governo.
No dia 21 de Maio recebemos na nossa sede, em Coimbra, o Secretário Geral da UGT com mais 3 elementos do secretariado. Trocámos opiniões sobre o momento actual tendo-nos sido garantido por parte do Dr. Carlos Silva que a UGT está contra os cortes nas pensões e não cederá nas negociações que irá ter em sede de concertação social.
VAMOS INICIAR OUTRAS FORMAS DE LUTA EM JUNHO:
Dia 1 de Junho – Vamos responder à convocatória do movimento que organizou o 2 de Março e vamos aderir à manifestação que será uma grande manifestação internacional. Ainda não sei em que cidades vai haver desfile mas logo que saiba informo. De novo as nossas t-shirts, bonés e guarda-chuvas (agora guarda-sóis) vão dar nas vistas e vamos ser o maior grupo.
Dia 6 de Junho: Vamos fazer uma concentração frente ao Ministério da Solidariedade Social das 9H00 até às 21H00. Durante a tarde entregaremos um memorando ao Ministro da Solidariedade Social.
PEDIMOS PARA OS ASSOCIADOS FORA DE LISBOA SE ORGANIZAREM de carro ou de autocarro para podermos ser muitos e mostrarmos a nossa força.
No dia 10 de Junho, dia de Portugal “Vamos pintar Portugal de Negro”, colocando nas janelas panos pretos. Estamos cansados mas não derrotados. Coloquem um pano, roupa ou qualquer outra coisa negra na janela, varanda ou carro e deixem-no ficar como ficaram as bandeiras de Portugal aquando de Scolari, ou os lençóis brancos quando da campanha pela independência de Timor.
Para além disto, a APRe! continua a crescer com núcleos a surgir em todos os locais e com a comunicação social a dar cobertura às nossas posições, nomeadamente a RTP (Prós e Contras e Jornal da uma do dia 22 de Maio), a SIC Notícias com a Opinião Pública de 22 de Maio e vários jornais onde a APRe! foi notícia. Os debates organizados pelos núcleos têm tido muita adesão; os próximos são:
– Dia 27 em Cascais, às 15H00 no Hotel “Pestana Cascais Ocean & Conference” (cedência gratuita) com a Drª Raquel Varela (coordenadora do livro “Quem paga o Estado Social em Portugal”) e a minha colaboração.
– Dia 30 em Coimbra, no Instituto da Juventude, às 18H00, com a Drª Raquel Varela e o Prof. Pedro Ramos (autor do livro “Torturem os Números que eles Confessam).
– Dia 31 de Maio nas Caldas da Rainha no Auditório Municipal às 17H00 vamos fazer uma reunião de dinamização do núcleo.
Dia 31 de Maio – Programa “Sexta às Nove” às 21H00 na RTP1, com vários Associados da APRe! (Betâmio Almeida, Bárbara Bettencourt, Maria da Conceição Batista).
Dia 4 de Junho, a sessão de dinamização de núcleos será em Abrantes em local e hora a designar.
– Dia 7 em Almada com a Drª Isabel Moreira (deputada), Dr. Eugénio Rosa (economista) e Drª Conceição Couveiro no Auditório Pablo Neruda às 15H00.
– Dia 8 de Junho vamos a Cabeceiras de Bastos a convite do Presidente da Câmara para uma sessão com reformados.
No próximo dia 25 de Maio há uma concentração frente ao Palácio de Belém convocada pela CGTP. Os associados que quiserem estar presentes devem fazê-lo. A APRe! não convoca, pelos motivos já invocados aquando do 1º de Maio.
Envio, em anexo, a carta aberta que escrevi ao Dr. Silva Lopes a propósito das suas declarações sobre os cortes nas pensões.
Saudações Apristas
Rosário Gama