Presidência portuguesa da UE quer criar taxa sobre transações financeiras

0

Lisboa propôs a 10 estados-membros a criação de uma taxa sobre a compra e venda de ações e de derivados, revela hoje o jornal “El País”. Esta taxa chegaria numa altura em que a Europa precisa de 800 mil milhões de euros para financiar a sua recuperação económica depois da pandemia da Covid-19. Países como França e Itália já aplicam a taxa “Tobin”.

 

 

O objetivo é cobrar uma taxa sobre a compra e venda de ações e também de derivados, segundo um documento a que o jornal espanhol teve acesso. França e Itália já aplicam uma taxa semelhante.

O Governo de António Costa acredita que o “foco mais sensato” será arrancar com esta taxa o mais rapidamente possível usando os modelos já existentes em França e Itália.

 Apesar de ter sido inicialmente proposta há 10 anos, uma dezena de países procuram agora um consenso para implementar esta medida.

O “El País” escreve que a presidência portuguesa quer dar um “empurrão” a esta medida para que até ao final de 2022 possa haver um acordo para permitir a entrada em vigor de um imposto transnacional na Áustria, Alemanha, Bélgica, França, Grécia, Itália, Portugal, Eslováquia, Eslovénia e Espanha.

 

Ler mais aqui: https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/presidencia-portuguesa-da-ue-propoe-criacao-de-taxa-sobre-transacoes-financeiras